8 de jun de 2013

Virginia

Autora: Dayse Castro
É estudante de Letras (UFRJ) e leciona Literatura Brasileira no Pré-vestibular de Nova Iguaçu – RJ.

Publicado na antologia SINGULAR – O país dos invisíveis, coordenada por Adriana Kairos, da ALEPA – A Literatura dos Espaços Populares Agora.
www.aliteraturapopular.blogspot.com

Virginia levando a breve vida
Vivendo vícios, vendo vultos,
A favor de um vintém.
Na avenida, ela, Virginia, vigia
Os varões cheios de volúpias
Vantajosos na vida
Varejando jovens virgens.
Os varões encontram Virginia
Não virginia, a virgem
Mas Virginia que faz vida
E que convida todos para a Vila.

COMENTE
Me faça esse carinho

1 comentários:

Jussara Neves Rezende disse...

Joâo Antônio,
eu gosto muito de textos aliterantes :) e li este com muito prazer, mesmo tendo achado tão triste a história de Virgínia dividida em sua breve vida! :(
Abraço!

Postar um comentário