15 de mai de 2011

Uma historinha infantil para adultos – parte 1

Há muito e muito tempo, num lugar que ninguém sabe, um menino ouviu de um velho contador de histórias que havia uma panela cheia de ouro, lá bem onde o arco-íris toca a terra. Um dia, durante a estação das chuvas, saiu de casa e caiu no mundo, disposto a encontrar esse tesouro.

Já andara muito quando encontrou uma menina de tranças pulando de pedra em pedra sobre as águas de um regato. Disse-lhe a menina:

- Brinca comigo...

- De quê? – perguntou o menino.

- De pular, ou de jogar pedrinhas na água e ver os círculos que elas formam.

O menino considerou não valer a pena atrasar-se por brincadeira tão boba. E seguiu.

Muito além daquele sítio encontrou um camponês plantando flores. Disse-lhe o floricultor:

- Vem ajudar-me. As flores te darão o sustento e alegrarão a tua vida.

- Flores dão muito trabalho e demoram a crescer. E eu tenho pressa: busco uma riqueza maior...

Caminhando de sol a sol e descansando à noite, foi ter a uma fazenda onde se realizava uma festa de casamento. Apresentou-se e felicitou os recém-casados e seus pais, que o deixaram à vontade, apesar de ser forasteiro. Havia comida e bebida à farta e músicos animando os convidados. Comeu e bebeu – apressadamente! – e já ia embora quando uma mocinha lhe disse:

- Dança comigo...

Surpreso com o convite da mocinha, o menino passou a mão no rosto e só então percebeu que já não era menino, mas um rapazola, com os primeiros fios de barba a crescer.

- Desculpe, mas tenho um sonho a realizar. Talvez na volta... – respondeu o rapazola à mocinha, antes de se pôr a caminho.


(continua no próximo post)

0 comentários:

Postar um comentário